Imprensa

29-Out-2020 11:39
PT DEFENDE VOCÊ!

Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Éden foi construída pelo Partido dos Trabalhadores

Investimento em Saúde foi prioridade nos governos Lula e Dilma

imprensa,
Imprensa

No governo de Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores, Sorocaba recebeu a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Éden, construída com recursos do Fundo Nacional de Saúde, como parte do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) 2, mediante contrapartida do governo municipal.

A UPA do Éden foi inaugurada em agosto de 2015 e é praticamente um hospital, aberto 24 horas e atende urgência e emergência. São cinco consultórios para adultos, dois consultórios para pediatria (crianças), salas de observação, postos de enfermagem, seis leitos para medicação rápida, quatro leitos de observação pediátrica, dez adultos, dois de isolamento e quatro leitos de emergência, sala para assistente social, Raio-X, sala de esterilização, , entre outros espaços administrativos e operacionais.

A UPA do Éden tem capacidade para realizar 33 mil atendimentos por mês e está localizada na rua Miguel José Gimenes, 4.235, ao lado da sede do Corpo de Bombeiros da Zona Industrial. Atende a uma população de mais de 180 mil pessoas.

Saúde é prioridade para o Partido dos Trabalhadores

Os governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff construíram 446 UPAs em todo o Brasil e, em 2016, ano do golpe, Dilma deixou outras 620 UPAs em construção. Um forte financiamento federal para a área de Saúde Pública, coisa nunca feita antes.

Para se ter uma ideia, no ano de 2015, enquanto a mídia e os opositores aos governos do Partido dos Trabalhadores só falavam em crise, Dilma finalizou 87 novas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e 1.526 novas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Além disso, o Programa Mais Médicos contratou 3,7 mil novos profissionais para atuar em diversas regiões, sendo 100% deles brasileiros. Com o golpe, tudo foi desmontado.

 

Informações de Agência Sorocaba e Carta Campinas

Fabiana Caramez
Deixe seu Recado